Wed. Aug 17th, 2022



Como se o retorno de Paul McCartney a Glastonbury não fosse grande o suficiente, o ex-Beatle trouxe duas lendas da música para acompanhá-lo no palco durante seu show de sábado à noite.

No que marcou sua primeira aparição ao vivo desde o falecimento do baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, em março, Dave Grohl se juntou a McCartney no palco para tocar “I Saw Her Standing There” dos Beatles e “Band on the Run” dos Wings.

Poucos minutos depois, Bruce Springsteen se reuniu com McCartney no palco para tocar “Glory Days” e “I Wanna Be Your Man”. (Os dois tocaram as músicas juntos no início deste mês durante o show de McCartney no estádio em Nova Jersey.)

McCartney finalmente trouxe os dois músicos de volta ao palco para ajudá-lo a fechar o gigantesco set de 38 músicas e quase três horas com uma emocionante versão de “The End”.

O set de sábado marcou a segunda vez de McCartney como atração principal do Glastonbury, após sua aparição inaugural em 2004. Ao fazer isso, o músico de 80 anos se tornou o músico mais velho a liderar o festival.

Em setembro, Grohl está programado para se reunir com o resto dos membros sobreviventes do Foo Fighters para um par de shows em homenagem a Hawkins. No próximo ano, Springsteen se reunirá novamente com a E Street Band para uma tão esperada turnê mundial.



By admin