Sun. Sep 25th, 2022



Roger Waters fez sua turnê “This Is Not a Drill” para o Canadá no início deste mês, onde aparentemente não recebeu o amor e a atenção que achava que merecia. Em entrevista com O Globo e o Correio, o baixista do Pink Floyd, de 78 anos, mirou os superstars canadenses The Weeknd e Drake, afirmando que ele é “muito, muito, muito mais importante do que qualquer um deles jamais será”.

O ego de Waters foi ferido porque nenhum jornal canadense revisou seus dois shows em Toronto nos dias 8 e 9 de julho. Quando ele perguntou O Globo e o Correio o repórter Brad Wheeler sobre o desprezo percebido, Wheeler explicou que The Weeknd – um ato muito mais popular do que Waters nos dias de hoje – estava programado para se apresentar na mesma noite, e Wheeler foi designado para revisar seu show.

“Não tenho ideia do que ou quem é Weeknd, porque não ouço muita música”, respondeu Waters. “As pessoas me disseram que ele é um grande ato. Bem, boa sorte para ele. Não tenho nada contra ele. Não seria possível rever o show dele uma noite e o meu show outra noite?”

O famoso músico humilde esclareceu: “Não estou tentando fazer um ataque pessoal. Só estou dizendo que parecia estranho. E, a propósito, com todo o respeito a Weeknd ou Drake ou qualquer um deles, eu sou muito, muito, muito mais importante do que qualquer um deles jamais será, não importa quantos bilhões de streams eles tenham. Há coisas acontecendo aqui que são fundamentalmente importantes para todas as nossas vidas.”

Leia a entrevista completa (desajeitada, combativa) de Waters com O Globo e o Correio aqui, então revisite nossa recapitulação de seu show inicial “This Is Not a Drill”. Sua turnê continua até outubro, e os ingressos restantes estão disponíveis via Ticketmaster.

Enquanto isso, a turnê “After Hours Til Dawn” do The Weeknd continua até setembro (compre ingressos aqui), e o evento World Weekend de Drake com Nicki Minaj, Lil Wayne e mais já está à venda.



By admin