Tue. Jan 25th, 2022



Dave Grohl e o produtor Greg Kurstin passaram as últimas seis noites celebrando o Hanukkah fazendo covers de canções amadas que ficaram famosas por artistas judeus. Para a sétima noite do Festival of Lights, o vocalista do Foo Fighters e seu colaborador de longa data apresentaram o clássico do The Clash, “Train in Vain”.

“Michael Geoffrey Jones, filho de mãe judia russa Renee Zagansky, viria a ser conhecido como a lenda do punk rock Mick Jones, co-fundador do The Clash. É London Calling Jerusalem enquanto pegamos um ‘Train In Vain’ ”, escreveu a dupla para apresentar seu último cover. Assista ao vídeo abaixo.

A terceira e última música do The Clash’s Londres chamando, “Train in Vain” notavelmente apresenta Jones nos vocais principais, com o vocalista Joe Strummer acompanhando-o no piano.

Anteriormente, Grohl e Kurstin deram seus próprios giros únicos em “Big Shot” de Billy Joel, “Jump” de Van Halen, “Take the Box” de Amy Winehouse, “Blitzkrieg Bop” dos Ramones e “Stay (I Missed You” de Lisa Loeb ). ”

No ano passado, as sessões de Hanukkah da dupla incluíram covers de Beastie Boys (“Sabotage”), Drake (“Hotline Bling”), Mountain (“Mississippi Queen”), Peaches (“Fuck the Pain Away”), Bob Dylan (“Rainy Day Mulheres # 12 e 35 ”), Elastica (“ Conexão ”), The Knack (“ Frustrado ”) e The Velvet Underground (“ Rock and Roll ”).

As sessões de Hanukkah de Grohl encerraram um ano agitado para o roqueiro. Só em 2021, ele lançou um novo álbum com Foo Fighters, publicou um livro de memórias, foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame (novamente) e revelou detalhes para um novo filme.



By admin