Wed. Feb 28th, 2024


Taylor Swift perdeu sua última tentativa de evitar um julgamento no processo de direitos autorais movido contra ela pelos compositores por trás de ‘Playas Gon’ Play, do 3LW. Pedra rolando relatórios. Sean Hall e Nathan Butler acusaram a cantora de levantar o refrão da música de 2001 em seu hit “Shake It Off”. O juiz distrital dos EUA Michael W. Fitzgerald primeiro negou a moção de Swift para emitir um julgamento sumário em seu favor em dezembro, o que levou Swift a apresentar uma moção para reconsiderar. Essa moção agora foi negada, com o juiz Fitzgerald observando: “Ainda acho que há uma questão genuína de fato relevante em parte por causa da opinião de especialistas”. O caso deve ir a julgamento em 17 de janeiro de 2023. A Pitchfork entrou em contato com representantes de Swift para comentar.

Hall e Butler originalmente entraram com o processo “Shake It Off” em 2017, e o juiz Fitzgerald o rejeitou em 2018, observando que as letras em questão eram “muito breves, sem originalidade e sem criatividade para garantir proteção sob a Lei de Direitos Autorais”. Um tribunal de apelação enviou o caso de volta a Fitzgerald em 2021, determinando que a originalidade da letra deveria ser decidida por um júri, não por um juiz.

No mês passado, Swift foi processada pela autora Teresa La Dart pelo livro que acompanhou o lançamento do CD da edição especial de seu álbum. Amante. La Dart a acusou de infringir sua coleção de poesias de mesmo nome, buscando danos superiores a US$ 1 milhão. Swift também anunciou seu novo álbum Meia-noite do palco no VMA de 2022, onde ela quebrou o recorde de mais vitórias de Vídeo do Ano.

Confira “On Loving Taylor Swift While Being Brown” em campo.

By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.