Tue. Feb 27th, 2024



Robert Smith fez uma serenata para sua esposa de 34 anos, Mary Poole, com “Plainsong” do The Cure durante uma apresentação recente na turnê “Shows of a Lost World” da banda.

Um recém-lançado vídeo capturado por fãs, supostamente do show do The Cure em 24 de maio no Hollywood Bowl de Los Angeles, mostra o vocalista de costas para o público e cantando diretamente para Poole nos bastidores. Com uma entrega estóica e ininterrupta, ele recita a letra final da música “Como se eu estivesse vivendo no limite do mundo/ ‘É apenas o jeito que eu sorrio’, você disse” antes de fazer uma longa pausa para fazer alguns olhares visivelmente intensos. contato com sua esposa, voltando-se para a platéia. Assista a interação abaixo.

Para a comovente demonstração de afeto por sua namorada do ensino médio, o cantor do The Cure optou pela faixa de abertura de 1989 Desintegração em vez do single de maior sucesso do álbum, “Lovesong”, que Smith notavelmente escreveu e dedicou a Poole como presente de casamento em 1988.

O tributo especial de Robert Smith de “Plainsong” para sua esposa segue mais momentos de destaque da turnê “Shows of a Lost World” do The Cure, incluindo a estreia de uma nova música “Another Happy Birthday” e as primeiras apresentações ao vivo de “A Thousand Hours” e “Seis Caminhos Diferentes” em 36 anos. Para uma visão mais profunda do setlist mais atualizado da banda, confira nossa recapitulação de fotos de seu show no final de maio em Mountain View, no Shoreline Amphitheatre da Califórnia.

A etapa norte-americana está programada para durar até julho, com datas para uma turnê sul-americana a seguir. Enquanto isso, a banda foi escolhida para ser a atração principal do Riot Fest de Chicago em setembro e do Corona Capital 2023 da Cidade do México em novembro. Pegue seus assentos aqui.



By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.