Wed. Feb 21st, 2024


O Rage Against the Machine está finalmente de volta, tendo feito o primeiro show de sua tão esperada turnê de reunião na noite passada no Alpine Valley Music Theatre em East Troy, Wisconsin. Durante o set, eles compartilharam várias mensagens na tela gigante atrás deles, incluindo as palavras “Abort the Supreme Court”. Sentinela do jornal Milwaukee relatórios e vídeo do conjunto confirma.

“Nascimento forçado em um país que é o único país rico do mundo sem nenhuma licença parental remunerada garantida em nível nacional”, começou a mensagem. “Nascimento forçado em um país onde as parteiras negras experimentam mortalidade materna duas a três vezes maior do que a das parteiras brancas. Nascimento forçado em um país onde a violência armada é a principal causa de morte entre crianças e adolescentes. Abortar o Supremo Tribunal.”

Com seu primeiro show acontecendo em Wisconsin, onde o aborto é atualmente proibido depois que a Suprema Corte derrubou Roe vs Wade, Rage anunciou anteriormente planos de doar quase meio milhão de dólares para organizações de direitos reprodutivos em Wisconsin e Illinois. Saiba mais maneiras de doar em “Recursos para proteger os direitos reprodutivos após a derrubada da Roe vs Wade.”

Contente

Este conteúdo também pode ser visualizado no site de origem.



By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.