Thu. Feb 29th, 2024


A cerimônia do 2022 Grammy Awards, originalmente agendada para 31 de janeiro, foi adiada, a Recording Academy e a CBS anunciaram hoje. O evento foi remarcado devido à “incerteza em torno da variante Omicron” do coronavírus, disseram a Recording Academy e a CBS em um comunicado conjunto. Uma nova data ainda não foi anunciada. Encontre a declaração completa abaixo.

O Grammy do ano passado também foi adiado como resultado da pandemia em curso. Trevor Noah foi recentemente anunciado como o anfitrião do Grammy de 2022, que marcaria seu segundo ano consecutivo à frente da cerimônia. O show de 2022 foi programado para acontecer na Crypto.com Arena (anteriormente Staples Center) em Los Angeles, com uma transmissão ao vivo na CBS.

Em novembro passado, a Recording Academy anunciou sua lista de 2.022 indicações ao Grammy. Olivia Rodrigo e Billie Eilish ganharam sete acenos, com Doja Cat, Justin Bieber e HER recebendo oito. Jon Batiste conseguiu o maior número de indicações, com 11 no total.

Leia “6 resultados das nomeações para o Grammy de 2022”, confira todos os indicados e acompanhe toda a cobertura do Grammy do Pitchfork.

Recording Academy® e CBS:

Após cuidadosa consideração e análise com autoridades municipais e estaduais, especialistas em saúde e segurança, a comunidade artística e nossos muitos parceiros, a Recording Academy® e a CBS adiaram a 64ª Mostra Anual do GRAMMY Awards®. A saúde e a segurança daqueles em nossa comunidade musical, do público ao vivo e das centenas de pessoas que trabalham incansavelmente para produzir nosso show continuam sendo nossa prioridade. Dada a incerteza em torno da variante Omicron, realizar o show em 31 de janeiro simplesmente contém muitos riscos. Estamos ansiosos para celebrar a Biggest Night® da música em uma data futura, que será anunciada em breve.

By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.