Tue. Mar 5th, 2024


Fetty Wap foi condenado a seis anos de prisão federal depois de se declarar culpado de uma acusação de conspiração de drogas. Ele também tem cinco anos de supervisão após o término de sua sentença de prisão. A pena de seis anos é um ano a mais do que a sentença mínima para a acusação, de acordo com O jornal New York Times.

Fetty Wap foi preso em outubro de 2021 no Queens, Citi Field de Nova York, onde o rapper estava programado para se apresentar como parte do Rolling Loud New York. Ele não subiu ao palco para se apresentar naquela noite, mas em vez disso foi atingido por uma acusação federal que o acusou de uma acusação de conspiração para distribuir e possuir substâncias controladas. Cinco outros homens também foram citados na acusação, cada um acusado de uma acusação de uso de armas de fogo em conexão com um crime de tráfico de drogas.

A acusação, bem como um comunicado de imprensa do Gabinete do Procurador dos Estados Unidos para o Distrito Leste de Nova York, afirmava que Fetty Wap e os outros cinco homens teriam “distribuído mais de 100 quilos de cocaína, heroína, fentanil e crack em Long Island e Nova Jersey”. O comunicado de imprensa também se referiu a Fetty Wap como “um redistribuidor de nível de quilograma para a organização do tráfico”.

Pouco depois de sua prisão, Fetty Wap foi libertado sob fiança de $ 500.000, mas mais tarde ele foi preso e teve sua fiança revogada depois que ele supostamente exibiu uma arma e ameaçou matar alguém durante uma ligação do FaceTime no ano passado.

Em agosto do ano passado, Fetty Wap se declarou culpado de uma acusação federal de conspiração para distribuir e possuir substâncias controladas. Antes da decisão de hoje, o rapper enfrentava uma sentença mínima de cinco anos e uma sentença máxima de 40.

A Pitchfork entrou em contato com os representantes da Fetty Wap para obter mais informações e comentários.

By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.