Thu. Feb 29th, 2024


Final Fantasy XVIO desenvolvimento do jogo foi atrasado “quase meio ano”, disse o produtor do jogo Naoki Yoshida em um recente comunicado aos fãs.

MAIS: The Witcher Showrunner fala sobre o futuro da série e spin-offs

Em uma longa carta enviada ao oficial Final Fantasy XVI Na conta do Twitter, Yoshida confirmou que, devido à pandemia de COVID-19 em andamento, o desenvolvimento do jogo encontrou uma variedade de obstáculos, incluindo atrasos e cancelamento de entregas de ativos de alguns de seus parceiros de terceirização.

“Da última vez que conversamos, prometi que teria mais informações sobre Final Fantasy XVI algum tempo depois, em 2021 ”, disse Yoshida. “No entanto, lamento informar que não poderei cumprir essa promessa, pois as complicações decorrentes da pandemia de COVID-19 em curso atrasaram o desenvolvimento do jogo em quase meio ano.”

No entanto, Yoshida passou a dizer que eles passaram grande parte de 2021 encontrando maneiras de resolver os problemas e vão começar a trabalhar em tarefas como “aumentar a qualidade dos recursos gráficos, refinar a mecânica de combate, desenvolver batalhas individuais, dar os toques finais cutscenes e condução de otimização gráfica geral ”no início de 2022.“ Nosso objetivo principal agora é estar o mais prático possível com o jogo para vê-lo totalmente polido ”, disse Yoshida.

MAIS: Um MMO de Harry Potter foi cancelado por falta de fé na marca

Yoshida encerrou o comunicado revelando que o plano atual é fazer uma “grande revelação” para Final Fantasy XVI na primavera de 2022. Nesse ínterim, Yoshida pediu desculpas aos fãs que esperavam por informações mais concretas sobre o jogo e agradeceu aos que estavam entusiasmados por sua paciência com o assunto.

Revelado inicialmente durante o evento PS5 da sony em 2020, Final Fantasy XVI não tem informações oficiais de lançamento e, a julgar pelo grande atraso que o jogo sofreu devido à pandemia COVID-19, ainda não se sabe quando o título será lançado.



By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.