Wed. Feb 21st, 2024


Em chamas acaba de lançar seu excelente novo álbum perdidomas vocalista anders Fridén gosta de acreditar que sempre tem alguém melhor dentro de si. Em uma entrevista com Injeção de Metal, Fridén disse que acredita perdido é claro que é o melhor deles até agora, mas que seu primeiro álbum com a banda – a corrida do bobo da corte – sempre ocupa um lugar especial em seu coração também.

Anúncio. Role para continuar lendo.

“Isso é o melhor até agora. Isso é para mim, sabe? Eu tenho medo de dizer isso porque então as pessoas têm aquela expectativa de que … você como fã acha que também deveria pensar que é o melhor só porque eu disse que é o melhor. É apenas uma questão de gosto e opinião.

“Para mim, a corrida do bobo da corte ocupa um lugar especial. Esse é o meu primeiro momento com Em chamas e nada pode tirar esse sentimento de estar na banda naquele momento. Espero que não tenhamos feito o nosso melhor. Espero que o nosso melhor esteja no futuro em algum lugar. Talvez eu sinta um dia ‘não podemos melhorar’. Não podemos fazer mais nada. Então é hora de deixar ir, eu acho. Mas ainda não cheguei lá. Eu não fiz o meu melhor show. Eu não fiz o meu melhor álbum. Nós chegamos bastante perto [laughs]”

Expandindo seu comentário anterior, Fridén disse a única maneira que ele vê Em chamas final é se guitarrista e compositor Björn Gelotte já deixou a banda.

“Eu nunca vou desistir de Em chamas. Nunca. quero dizer, se Björn diz ‘eu vou embora’, acho que não vou continuar, e acho que é o mesmo para ele. Dito isso, eu amo a banda em que estou agora e os caras [in the current lineup]. Não [shade] em qualquer um que seja um membro anterior, mas acho que nunca soamos melhor do que onde estamos no momento. Estamos em um bom lugar e espero que as pessoas possam ouvir isso quando ouvirem o álbum”.

Anúncio. Role para continuar lendo.

Assista a entrevista completa abaixo e assine nosso canal no YouTube aqui.

Quer Mais Metal? Assine nossa newsletter diária

Digite seu e-mail abaixo para obter uma atualização diária com todas as nossas manchetes.

By Dave Jenks

Dave Jenks is an American novelist and Veteran of the United States Marine Corps. Between those careers, he’s worked as a deckhand, commercial fisherman, divemaster, taxi driver, construction manager, and over the road truck driver, among many other things. He now lives on a sea island, in the South Carolina Lowcountry, with his wife and youngest daughter. They also have three grown children, five grand children, three dogs and a whole flock of parakeets. Stinnett grew up in Melbourne, Florida and has also lived in the Florida Keys, the Bahamas, and Cozumel, Mexico. His next dream is to one day visit and dive Cuba.