Agronegócio Região dos Vales Rio Grande do Sul

Venda de soja é maior que de tabaco em Candelária

produção de soja

Em uma década, a produção de oleaginosa teve aumento de 624%.

A produção de tabaco apresentou números inferiores ao da soja em 2018 nos valores comercializados. O crescimento da produção de soja em Candelária retira a histórica liderança do tabaco no montante comercializado no município.

A venda de soja totalizou mais de 93 milhões enquanto que o de tabaco chegou a quase 87 milhões. De acordo com o IBGE os números da soja referem-se a 373 propriedades, com uma área de 17 mil hectares, enquanto que os de tabaco referem-se a 2.060 propriedades numa área de 5.500 hectares.

A interpretação dos dados da Fazenda do Estado permitem ainda concluir que a produção de soja alavancou de forma significativa o Valor Adicional Básico (VAB) Agrícola de Candelária. O crescimento da soja com base na produção entre 2010 e 2018 atingiu o montante de 624%.

De acordo com o secretário municipal de agricultura e meio ambiente Marco Treichel os fatores para esta mudança na economia são a estagnação no valor comercial do tabaco enquanto que houve valorização da comodity e expansão do mercado internacional da soja. As campanhas antitabagistas também tem influência neste resultado.

Treichel mostra-se preocupado com esta nova realidade no aproveitamento das propriedades rurais. A mão de obra utilizada no cultivo de tabaco é substituída por maquinário na produção de soja, fazendo com que agricultores tenham que encontrar uma nova fonte de renda.

Texto: Aline Schultz

Foto: Divulgação


Sobre o autor

Mariéle Gomes Gross

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: