Policial Região dos Vales Rio Grande do Sul

Quatro pessoas são presas em Operação contra o tráfico de drogas em Venâncio Aires Ao todo, onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos no município.

Uma operação contra o tráfico de drogas foi desencadeada em Venâncio Aires nesta quarta-feira, 30. A Polícia Civil, junto com diversas delegacias da região e agentes do Departamento Estadual e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) cumpriram 11 mandados de busca e prisão no município, durante a Operação Longa Manos.

Durante as atividades, quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil de Venâncio Aires, sendo duas delas encontradas no Bairro Brands e outros dois em Mariante. Eles seriam os responsáveis por coordenar os vendedores de droga. Outros dois dos mandados de prisão foram contra pessoas que já estavam presas. Todos fazem parte da facção “Os Manos”.

Participam da atuação Policias de Venâncios Aires e Santa Cruz do Sul, o Agrupamento de Operações Especiais (GOE) de Porto Alegre, agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco), além do Denarc.

A ação é uma sequência da Operação Bola 8, que teve a primeira fase desencadeada em março de 2018, com participação de 50 agentes da região, quando sete pessoas ligadas ao tráfico de drogas foram presas no município.

Operação Bola 8

Desencadeada em março do último ano, sete pessoas foram presas por tráfico de drogas, sendo cinco prisões efetuadas no Bairro Brands, uma no Bairro Santa Tecla e outra no Centro da cidade.

Na ocasião, Jorge Eberson da Silveira Levino, conhecido como Gordo Jorge, considerado líder do grupo criminoso foi preso, junto com a mulher dele. Na residência do casal existia um sistema de monitoramento, que possibilitava ver toda a movimentação dentro e fora da casa. Entre os itens encontrados estavam 380 gramas de ouro, cinco televisões e um rádio na frequência da Brigada Militar. Ainda foram encontradas 16 munições de calibre 38, dez munições de calibre 32 e um revólver calibre 38, além de cocaína, crack e maconha, e três carros.

Na época, um dos envolvidos no esquema criminoso foi detido em flagrante e outros cinco, temporariamente, sendo a mulher do líder encaminhada ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul e os demais para o Presídio Estadual de Venâncio Aires.

Fonte: Polícia Civil


Sobre o autor

Marcelo Müller

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: