Eventos Oktoberfest Região dos Vales Rio Grande do Sul Serviços

Os responsáveis pela limpeza do Parque da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul Cerca de 50 pessoas trabalham diariamente na faxina das instalações durante a realização do evento, que se estende até o domingo, 21.

Que a 34ª edição do Oktoberfest de Santa Cruz do Sul está sendo um sucesso, tanto em nível regional quanto estadual, todos já sabemos. E para que isso seja possível, alguns pontos são extremamente importantes durante a realização do evento.

A variada programação, com shows nacionais, bandinhas, diversas opções na área gastronômica e diversificados produtos sendo comercializados nos 5 pavilhões dentro do Parque da Oktoberfest, pelos mais de 170 expositores, são atrativos ao públicos na Festa da Alegria, que se estende até o domingo, 21.  Entretanto, sem o ambiente limpo e organizado, certamente a Festa não seria tão atraente como está sendo.

Para isso, uma equipe de limpeza, que possui em torno de 50 funcionários, está cuidando da manutenção e limpeza das calçadas, pavilhões, banheiros e de todo o ambiente, tornando-o mais bonito e agradável aos prestigiadores da Festa da Alegria.

Pensando em apresentar alguns desses personagens tão fundamentais na realização da Oktoberfest, a equipe de reportagem do Dial.News buscou falar com algumas dessas pessoas, para as conhecer melhor e apresenta-las à vocês.

Apresentações:

Não poderíamos começar de outra forma. Sorridente, receptiva e de risada contagiante. Assim é Mara Regina Raskinha, uma mulher inspiradora de 44 anos que dá gargalhada do próprio sobrenome. Ela é moradora de Santa Cruz do Sul e diz trabalhar há tantos anos na Oktoberfest que nem lembra ao certo quanto tempo faz.

Mara contou que está muito feliz trabalhando dentro do Parque da Oktoberfest, que o pessoal costuma ser muito educado e que a parabeniza muito pelo trabalho realizado. Ela também disse que faz seu serviço da melhor maneira possível, com alegria, e que no tempo livre costuma passear pelo parque e pela cidade.

Mara se sente muito animada e fica feliz quando as pessoas a parabenizam pelo trabalho. Foto: Marcelo Müller/Dial.News

 

Após Mara, chegamos até Maria Estela, uma santacruzensse 37 anos que trabalha há 9 anos na Oktoberfest. Reservada, mas com brilho nos olhos, ela conta que está buscando passar mais parte do seu tempo livre com os 4 filhos, após o término recente de seu relacionamento com o ex marido. Ela e os filhos costumam se divertir em casa, assistindo televisão e também passeando, quando possível.

Maria trabalha há 9 edições no evento. Foto: Marcelo Müller/Dial.News

 

Regina da Silva, de 41 anos, é outra mulher batalhadora que pode ser encontrada dentro do Parque da Oktoberfest. Apesar de ser o primeiro ano trabalhando na limpeza das instalações do Parque, ela conta estar adorando o trabalho e se esforçando muito para manter tudo organizado. “Eu gosto de trabalhar, de ver tudo limpo. Faço tudo isso esperando que o pessoal que visita a Oktoberfest goste do nosso trabalho e se sinta bem aqui dentro (do Parque)”.

Regina tem três filhos, que ficaram no município de Rio Pardo, com o restante da família.

Em sua 1ª edição trabalhando na Festa da Alegria, Regina busca demonstrar um excelente serviço aos visitantes da Festa. Foto: Marcelo Müller/Dial.News

 

Durante as andanças pelo Parque, também acabamos encontrando a Maiara Pabla da Silva Ferreira. A Santacruzensse de 24 anos, também está tendo sua primeira experiência na equipe de limpeza do evento.

Sorridente e feliz, Maiara conta que gosta muito de viajar, ficar em casa e dormir “bastante”. Ela também tem como hobbie passear com a família e cuidar de seus dois animais de estimação: Dois cachorros. Um deles com nome de Dócil e a Rubi.

Com uma energia contagiante, Maiara se mostra feliz trabalhando na equipe de limpeza do evento. Foto: Marcelo Müller/Dial.News

A equipe de limpeza da Oktoberfest conta com 50 funcionários, que trabalham durante os 12 dias de Festa. Todos os 4 com quem conversamos se mostraram felizes e contentes por terem seu trabalho reconhecido pelos visitantes da Festa da Alegria.

Ao passar pelo Parque da Oktober de Santa Cruz do Sul, os auxilie, jogando o lixo no lixo e respeitando as instalações do evento, tomando o devido cuidado para não quebrar portas, vasos e torneiras e demais objetos.


Sobre o autor

Marcelo Müller

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: