Notícias Região Metropolitana Rio Grande do Sul Trânsito

Novos trechos da duplicação da ERS-118 são liberados para tráfego Comitiva da Secretaria dos Transportes fez ato de inauguração na manhã desta quinta-feira, 11.

18.10.11 - Novos trechos da duplicação da ERS-118 são liberados para tráfego

Com o avanço diário das obras de duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana de Porto Alegre, dois novos trechos foram liberados para tráfego nesta quinta-feira, 11. A circulação dos veículos foi autorizada após um ato que teve a presença do secretário dos Transportes, Humberto Canuso, e do coordenador do projeto de duplicação da rodovia, Vicente de Britto Pereira.

O primeiro trecho que obteve a liberação foi a pista nova entre os km 16 e 20, da ponte sobre o Arroio Barnabé até o viaduto da Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, em Gravataí. Nesse segmento, o fluxo ocorre em duas vias. A pista antiga foi bloqueada para o término da restauração do pavimento.

O trecho inclui o viaduto sobre a Avenida Itacolomi, no km 18,2. O elevado passou a receber o trânsito em mão dupla na pista da esquerda, no sentido Sapucaia do Sul – Freeway. A outra metade do elevado está em fase de conclusão dos encontros com a pista restaurada da ERS-118.

O segundo trecho liberado é a pista restaurada entre os km 9,1 (próximo à Transpetro) e 11,6 (em frente ao posto BR). Como a faixa nova já havia sido liberada, os motoristas podem circular em quatro vias nesse segmento.

“Além de seguirem em ritmo intenso, as obras são realizadas de forma integrada entre as empresas que executam a duplicação da rodovia e as responsáveis pelos viadutos e pontes”, avalia o secretário dos Transportes, Humberto Canuso. “A comunidade já sente os benefícios dessa sistemática, com a liberação de novos trechos para a passagem de veículos.”

Duplicação da ERS-118

As obras na ERS-118 – coordenadas pela Secretaria dos Transportes e executadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) –abrangem a construção de novas pistas, ruas laterais e viadutos, além da restauração das pistas antigas da rodovia.

São 14 frentes de trabalho em 21,5 quilômetros da ERS-118. O trecho vai do entroncamento da BRS-290, em Gravataí, até o entroncamento da BRS-116, em Sapucaia do Sul.


Sobre o autor

Wesley Wierganowiez

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: