Thu. Jun 30th, 2022


A Ballethnic Dance Company fará sua estreia no Kennedy Center for the Performing Arts em Washington DC em junho. A companhia de 31 anos de Atlanta se apresentará durante Reformulando a narrativa, uma celebração de uma semana apresentando artistas de balé negros de 14 a 19 de junho.

“É um evento monumental para nós”, diz Nena Gilreath, co-fundadora da Ballethnic e co-diretora artística da Waverly T. Lucas II. Dance Theatre of Harlem (co-fundado por Arthur Mitchell), Collage Dance Collective e outros bailarinos de identificação negra de todos os Estados Unidos também se apresentarão. “Todos nós emergimos do treinamento e da companhia do Sr. Mitchell”, diz Gilreath. “Depois de todos esses anos de trabalho, mantendo-nos fiéis à nossa missão, é uma grande oportunidade de mostrar nossa contribuição ao balé.”

Ballethnic apresentará trechos de seu trabalho de assinatura, O conto do leopardo, junto com Santidade, um trabalho encomendado por “Baba” Chuck Davis e coreografado por Lucas. Ambos os trabalhos usam conceitos de dança africana e ilustram o toque único da companhia no balé.

Ballethnic é a segunda companhia de balé de Atlanta a se apresentar no palco do Kennedy Center nos últimos anos. Atlanta Ballet apresentou Yuri Possokhov Quebra-nozes lá em 2019 para elogios.

Além das atuações, Reformulando a narrativa contará com programas com curadoria de Theresa Ruth Howard, fundadora do Memoirs of Blacks in Ballet, e Denise Saunders Thompson, presidente e CEO da International Association of Blacks in Dance.



By admin