Eventos Região dos Vales Rio Grande do Sul

Jornada da Solidariedade: Trilheiros do Império, Papai Noel e Rádio Sorriso FM- região dos Vales- distribuem mais de 2 mil presentes no interior de Candelária Brinquedos distribuídos foram arrecadados através de doações da comunidade e dinheiro adquirido com a Mateada solidária.

Durante o último sábado, dia 22, as paisagens do interior de Candelária receberam uma movimentação diferente da habitual. Desde o início da manhã, um Papai Noel, junto com integrantes do Grupo de Trilheiros do Império e da Rádio Sorriso FM 104.3 cortaram as estradas de terra, levando presentes para as crianças que vivem em localidades distantes, muitas em situação de vulnerabilidade.

Unidos pelo objetivo de levar alegria e auxilio à famílias da zona rural do município, os apoiadores da 10ª Jornada da Solidariedade começaram a se deslocar logo cedo, por volta das 7h30 do sábado, transportando mais de dois mil brinquedos, além de roupas e demais arrecadações conquistadas durante a Jornada da Solidariedade.

Com o entrosamento e acolhimento da comunidade, a Campanha ganhou força e a palavra “solidariedade” deixou de ser abstrata e foi ganhando cada vez mais forma no decorrer da ação.

Atitudes como a de um agricultor que deixa seu árduo trabalho na lavoura para ir atrás do Papai Noel, de trator, e pediu gentilmente para o Bom Velhinho ir até sua casa, onde estava a filha dormindo, para entregar um presente à ela, merecem destaque. Mas para algumas pessoas não basta ser um bom pai apenas para seus filhos. Repleto de felicidade, daquelas raras de se ver, o mesmo homem levou a Jornada da Solidariedade até outras crianças da localidade de Alto Passa Sete, guiando a caravana do Noel por caminhos que até então não estavam no roteiro. Ele possuía uma expressão de satisfação, com uma energia contagiante que faz parte daquelas pessoas que realizam boas ações sem esperar nada em troca.

Também são os atos como da Agroindústria Girassol, que foi atrás do grupo que distribuía itens por diversas localidades do interior e abriu mão de algumas unidades de seus pacotes de bolachas, entregando-os para doação, que fazem com que a Jornada da Solidariedade chegue até sua décima edição, tornando-se à cada ano um motivo de inspiração e motivação para os organizadores.

Mas mais do que espírito aventureiro, altruísta e generoso, é preciso ter coração forte para participar da ação. Dentre todas as experiências vividas nas localidades do interior de Candelária, uma delas foi capaz de tocar o coração de todos os participantes da Jornada.

A princípio, o cenário era o mesmo visto em vários lugares anteriores. Casinha simples, de madeira, algumas galinhas andando pelo quintal, a mãe espiando na porta ao ouvir a buzina anunciando a chegada do Papal Noel. Mas ali, nesse humilde lugar, uma lição de vida e superação pôde ser vivenciada.

Enquanto o grupo chegava na casa com o Papai Noel, a mãe, com um sorriso estampado, chamava as crianças. Após alguns instantes, o primeiro chegou. Giovane Ferreira Prestes, de 21 anos, emocionado abraçou o homem de roupa vermelha, como se aquele sujeito pudesse lhe entregar algo muito valioso. “Eu só quero ganhar roupa”, diz o menino, repleto de entusiasmo. Após minutos, uma menina de 7 anos chega à porta. É Sheila Cristina Bratz.

Com olhar tímido, e em silêncio, aos poucos ela foi se aproximando. “Ela está caminhando?” Pergunta o Papai Noel. “Quase, mas não pode soltá-la”, responde a mãe. Essas palavras foram suficientes para emocionar todos os presentes. Isso porque Sheila nunca havia caminhado. Com uma doença ainda não diagnosticada, a menina, com pouca expressão, mas com os olhos brilhando, causa comoção e mostra à todos o real sentido da palavra superação. Assim como sua família. Segundo os responsáveis pelo jovem e pela criança, ambos possuem transtorno mental.

Giovane prestes e Sheila Cristina Bratz recebem visita do Papai Noel, que se emociona. Foto: Marcelo Müller/Dial.News

No caminho, o Papai Noel não conteve a emoção. “Eu acompanho essa criança desde que ela tinha quatro anos de idade. Nos outros anos, ela nem saia da cama. Hoje foi me ver… enquanto isso tem tanta gente reclamando da vida, que possui tudo, e essa família está ali, com duas pessoas deficientes, mas ainda conseguem ser gratos e sorrir”, lamentou.

Muitos outros momentos também marcaram a Campanha durante o sábado, como de pais procurando o Papai Noel pelas estradas do interior com trator, motos, carros e até carroça. Ou como o bisavó Theofried Wendler, de 89, que ensina seus bisnetos, um deles vindo do Maranhão, a tocar Bandoneon (instrumento parecido com uma gaita, mas, segundo ele, mais difícil para aprender). Várias situações marcantes foram registrados apenas pelos Triheiros do Império, que com suas motos percorreram localidades de difícil acesso, onde carro nenhum consegue chegar.

Trilheiros entregam presentes em localidades de difícil acesso. Foto: Divulgação

A décima jornada da Jornada da Solidariedade, que teve como principal objetivo a arrecadação dos brinquedos que foram doados à crianças do interior do município, foi promovida pela Rádio Sorriso FM 104.3, em parceria com a Secretaria de Turismo, cultura e esporte de Candelária, junto com o setor de Assistência Social de Candelária e com apoio dos Trilheiros do Império.

Mas ressaltamos que sem o apoio e acolhimento da comunidade e da região, que fez doações de brinquedos novos e usados, em excelente estado, e daqueles que fizeram doações durante o percurso e abriram mão de suas atividades do dia-a-dia para auxiliar e receber o Papai Noel e o Grupo de Trilheiros, a Campanha não teria acontecido da bela maneira como foi, superando as expectativas de todos.

Confira alguns registros de sábado, na entrega das doações adquiridas durante a Jornada da Solidariedade:

 

 


Sobre o autor

Marcelo Müller

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: