Sat. May 28th, 2022


A Jon Spencer Blues Explosion, a robusta banda nova-iorquina que reinventou o blues rock na década de 1990 e inspirou o subsequente revival do rock de garagem, não existe mais, revelou Spencer em uma nova entrevista para o Kreative Kontrol podcast. O trio de Spencer, o guitarrista Judah Bauer e o baterista Russell Simins entrou em hiato em 2016, mas não planeja mais se reagrupar. Spencer citou os problemas de saúde de Bauer como o principal fator na separação. Assista-o discutir o fim da banda abaixo.

O trio formou o Blues Explosion em 1991, seguindo o mandato de Spencer à frente dos deliberadamente ofensivos garage rockers dos anos 80 Pussy Galore. Seu álbum de 1994 laranja misturava breakbeats e blues com riffs de rock’n’roll primitivos, subvertendo a ortodoxia grunge auto-reflexiva da época. Eles lançaram mais oito álbuns ao longo dos próximos 26 anos, incluindo o aclamado Agora eu tenho que me preocupar e uma colaboração de 1996 com a redescoberta lenda do delta blues RL Burnside. Seu último disco, Freedom Tower – No Wave Dance Party 2015saiu em 2015.

Em 2018, Spencer foi perguntado: “O Blues Explosion realmente se separou desta vez? Isso não é um hiato?” Ele respondeu:

É difícil saber o que dizer. Não é como se tivéssemos um fim oficial, mas para mim foi útil para seguir em frente e fazer coisas como Spencer canta os sucessos dizer: “OK, está feito. Acabou”, e para realmente reconhecer isso. Talvez um dia…. Não sei, mas é muito…. Sim, eu tinha que ir.

Eu também havia freado o Heavy Trash. Boss Hog fez um disco, mas não é uma coisa de tempo integral; não podemos estar em turnê o tempo todo. Então, sim, eu acho que foi um verdadeiro período de luto que levou a este novo álbum.

By admin