Brasil Notícias Policial

João de Deus vira réu por abusos sexuais em Abadiânia Médium também é acusado de tráfico internacional de crianças. A nova denúncia foi feita nesta semana pela ativista de Direitos Humanos Sabrina Bittencourt.

joão-de-deus

A partir desta quarta-feira (9), João de Deus deixa de ser suspeito e passa a ser réu perante a Justiça no processo que é acusado de crimes sexuais. Isso porque a juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, magistrada titular de Abadiânia, aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público.

Na prática, isso significa que a Justiça entendeu que João de Deus cometeu os crimes pelo quais é acusado. Depois que ele e seus advogados forem comunicados oficialmente, a defesa tem 10 dias para apresentar seus argumentos.

Além de ter se tornado réu, o médium também é acusado de tráfico internacional de crianças. A nova denúncia foi feita nesta semana pela ativista de Direitos Humanos Sabrina Bittencourt.

Ela, que já havia denunciado o médium por abuso sexual, enviou um relatório para o Ministério Público de São Paulo. O documento, agora, está nas mãos do Ministério Público de Goiás, que comanda as investigações do caso. Em seguida, os promotores podem repassar as denúncias para o Ministério Público Federal (MPF), órgão competente para analisar esse tipo de caso.

João de Deus está preso desde 16 de dezembro no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia.

Fonte: Agência do Rádio


Sobre o autor

Mariéle Gomes Gross

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: