Brasil Eleições 2018 Notícias Política

Jair Bolsonaro passa bem após cirurgia de urgência mas, seu estado ainda é grave A cirurgia foi feita após o presidenciável apresentar um quadro de distensão (inchaço) abdominal progressiva e náuseas ao longo da quarta-feira, 12.

18.09.13 - Jair Bolsonaro passa bem após cirurgia de urgência mas, seu estado ainda é grave

O candidato do PSL à Presidência, o deputado Jair Bolsonaro, foi submetido na noite desta quarta-feira a uma cirurgia de emergência. A nova intervenção durou pouco mais de uma hora e terminou por volta das 23h40min. Segundo médicos, o procedimento foi bem-sucedido.

De acordo com boletim médico divulgado às 23h pelo Hospital Albert Einstein, onde Bolsonaro está internado desde a última sexta-feira, a cirurgia foi feita após o presidenciável apresentar um quadro de distensão (inchaço) abdominal progressiva e náuseas ao longo do dia.

Com o aparecimento desses sintomas, os médicos decidiram realizar no início da noite desta quarta-feira uma tomografia de abdome, que evidenciou a presença de aderência obstruindo o intestino delgado e a necessidade da cirurgia.

Orações

Pouco depois da cirurgia, o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL), filho do candidato confirmou que a operação terminou bem. “A cirurgia de emergência acabou bem, graças a Deus! Meu pai está pagando um preço muito alto por querer resgatar o Brasil, está literalmente dando seu sangue”.

Durante o procedimento, Flávio Bolsonaro postou nas redes sociais que o pai passava por nova cirurgia e pedia orações. “Seu estado ainda é  grave.”

Ataque

No último dia 6, em Juiz de Fora, Minas Gerais, Bolsonaro levou uma facada na região abdominal no momento em que estava em campanha de rua na cidade.  Ele foi atendido pela Santa Casa de Juiz de Fora e passou por cirurgia.

Os médicos constataram uma lesão de uma veia na região do abdômen, perfuração no intestino grosso, com contaminação fecal, controlada, além de o intestino delgado também ter sido afetado. Foram feitas suturas.

A equipe médica optou por uma colostomia temporária para evitar uma infecção no intestino grosso. O candidato foi transferido para o Hospital Albert Einstein na sexta-feira (7), a pedido da família. Lá, foi mantido o mesmo procedimento.


Sobre o autor

Wesley Wierganowiez

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: