Thu. Dec 9th, 2021


J Balvin apresentou um pedido de desculpas sobre o vídeo por sua colaboração Tokischa “Perra”, como Painel publicitário relatórios. O cantor confirmou que removeu o clipe do YouTube no início deste mês, após as críticas por sua representação degradante das mulheres negras. “Quero pedir desculpas a quem se sentiu ofendido, principalmente à comunidade negra. Não sou assim. Eu sou sobre tolerância, amor e inclusão ”, disse ele em uma história no Instagram.

“Perra” aparece no álbum mais novo de J Balvin Jose, lançado em setembro. O vídeo, no qual mulheres negras eram retratadas como cachorros, estreou em meados de outubro e atraiu rápida condenação por suas imagens, inclusive da mãe da cantora. Em seu pedido de desculpas, Balvin disse que excluiu o vídeo “como forma de respeito”.

Em uma entrevista com Pedra rolando, Tokischa disse que o vídeo teve como objetivo enfatizar o jogo de palavras da faixa. “Foi muito conceitual. Se você, como criativo, tem uma música que fala sobre cachorros, você vai criar esse mundo ”, disse ela. Ela também disse ao canal que não estava envolvida na decisão de remover o vídeo.

Raymi Paulus, que dirigiu o vídeo, também ofereceu Pedra rolando uma explicação para a escolha dos atores da produção:

A República Dominicana é um país onde grande parte da população é negra e nossa negritude predomina nas cenas undergrounds, onde ocorreram as filmagens, e que serviu de inspiração para o vídeo. “Perra” foi um vídeo filmado no bairro, com pessoas da vizinhança, e o uso de pessoas de cor em “Perra” nada mais foi do que a participação da nossa gente nele.

By admin