Notícias Rio Grande do Sul Saúde Serra Gaúcha

Hospital de Gramado adquire novo equipamento de raios-X para o bloco cirúrgico O aparelho de última geração dará apoio em diversas especialidades cirúrgicas do Hospital, como em operações do sistema urológico, ortopédicos, vasculares, em implantes de marca-passos, entre outros procedimentos.

Para garantir imagens mais detalhadas, aumentando a precisão cirúrgica em tempo real, foi entregue à equipe do Hospital Arcanjo São Miguel (HASM) o Arco Cirúrgico Cios Select, um equipamento de raios-X no qual é possível produzir os arquivos digitais com até milhares de tons cinza.

O aparelho de última geração dará apoio em diversas especialidades cirúrgicas do Hospital, como em operações do sistema urológico, ortopédicos, vasculares, em implantes de marca-passos, entre outros procedimentos.

O investimento na aquisição do equipamento foi de R$ 255.500,00, oriundos de recursos próprios do HASM, sendo uma entrada de R$ 25.400,00 e o restante em 36 parcelas de R$ 7.784,89.

“Agradecemos profundamente o esforço feito pelo Executivo e seus colaboradores, através do Prefeito Fedoca, que prontamente, sempre que preciso, vem atendendo aos pedidos do Hospital, no intuito de fazer as melhorias necessárias e os investimentos em novos equipamentos, viabilizando todos os procedimentos hospitalares com a tecnologia moderna e de última geração, dando assim mais segurança para toda a equipe”, salientou Paulo Rogério Sá de Oliveira, presidente da Comissão Interventora.

No final de setembro, o HASM inaugurou uma nova sala de recuperação destinada a pacientes pós-cirúrgicos. A unidade foi estruturada para atender mais de 12 pessoas, sendo que dois leitos são destinados a pacientes críticos, com necessidade de um suporte mais avançado com ventilação mecânica, dando assim maior segurança a eles.

A nova unidade foi uma grande melhoria na instituição, que visa beneficiar a comunidade Gramadense, atendendo a todos os convênios credenciados, público ou privado. O investimento foi de mais de R$ 820 mil, também oriundos de recursos próprios.

A sala de recuperação anterior tinha 26 m², agora são 95 m² anexos ao centro cirúrgico e com conexão a ele, bem como com o centro de Material de Esterilização (CME), com a Sala de Parto e com a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

“Estamos focados e trabalhando fortemente para que o Hospital volte a crescer e possa, assim, prestar os serviços na área de saúde com mais conforto e segurança para nossos cidadãos”, completou Paulo Rogério.


Sobre o autor

Luis Henrique Caldeira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: