Eventos Região dos Vales Rio Grande do Sul

Conscientização: Corrida e Caminhada Faça Bonito Candelária acontecerá no dia 19 maio Lançamento da Campanha alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes será realizado em março, na Casa de Cultura Marco Mallmann.

Corrida e Caminhada Faça Bonito

O lançamento da 2ª edição da Corrida e Caminhada “Faça Bonito”- Candelária, atividade que integra a Campanha Nacional Contra a Violência e Exploração Sexual infantil, está previsto para acontecer no próximo mês, no dia 20, na Casa de Cultura Marco Mallmann, no Centro do município, às 8h30.

Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social Marta Emmel, a competição acontecerá no dia 19 de maio, um domingo, sendo promovida em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Os atletas poderão participar da ação correndo ou caminhando, dependendo da modalidade escolhida. Todos receberão medalhas e camiseta da Campanha. As inscrições terão início no dia 23 de março, se estendendo até o dia 15 de maio, através da internet, em um site que está sendo finalizado.

Mais informações, referentes a modalidades, valores de inscrições e percursos serão divulgados no dia do lançamento oficial da Campanha, no próximo mês.

Ainda conforme Marta, a expectativa é de que o número de inscrições neste ano seja superior ao número de participantes da primeira edição do evento, que aconteceu em maio de 2018, quando 300 atletas, vindos de 25 cidades diferentes do Rio grande do Sul, se uniram à causa, caminhando e correndo pelas ruas de Candelária.

A edição 2019 da Corrida e Caminhada Faça Bonito- Candelária, é promovida pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, com o Serviço do Centro de referência Especializado de Assistência Social (Creas- Cuidar), com o apoio da Sorriso FM 104.3- Região dos Vales.

Sobre a data em que a Campanha é realizada

Com o intuito de ajudar a combater o crime de abuso sexual contra crianças e adolescentes, o dia 18 de maio foi estipulado como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil. Na mesma data, em 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada, drogada, estuprada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu carbonizado seis dias depois e os agressores nunca foram punidos. O crime chocou o país na época.

 

Foto: Folha de Candelária/Divulgação


Sobre o autor

Marcelo Müller

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: