Região dos Vales Rio Grande do Sul Serviços

Conscientização: Coleta seletiva de resíduos inicia na próxima quarta-feira, 6, em Candelária Resíduos recicláveis e úmidos passarão a ser coletados em dias distintos nos Bairros e Centro do município.

Coleta Seletiva

Aconteceu na manhã desta quinta-feira, 28, na Prefeitura Municipal de Candelária, o lançamento do projeto ambiental “Recicla Candelária”. Previsto para iniciar na próxima quarta-feira, 6, após o feriado de Carnaval, no perímetro urbano da cidade, a ação visa a separação de resíduos com potencial para reciclagem de objetos classificados como rejeito.

O novo sistema de coleta de resíduos prevê a ampliação do serviço, passando a funcionar em duas frentes: coleta de resíduos úmidos (orgânico e rejeito) que será realizada toda segunda, quarta e sexta-feira, e a coleta dos resíduos recicláveis, que serão coletados na terça, quinta e sábado. Com a ampliação da coleta de resíduos, o processo de recolhimento será efetuado integralmente na zona central e bairros do município. Conforme andamento do projeto, a ação deve chegar também ao interior do município.

A iniciativa consiste apenas em uma pequena alteração na rotina da comunidade. Ao invés dos lixos serem recolhidos juntos, agora o recolhimento dos materiais que podem ser reciclados acontecerão em dias distintos dos rejeitos. A ação é simples mas que terá reflexo tanto na qualidade de vida da população candelariense quanto no ecossistema e na economia do município.

Segundo o Prefeito de Candelária, Paulo Butzke, a coleta seletiva de resíduos sólidos na zona urbana do município é a primeira etapa de um grande projeto que visa a conscientização ambiental da comunidade, além de buscar promover uma qualidade de vida às futuras gerações.

Ainda conforme Butzke, atualmente mais de 45% dos resíduos coletados na cidade são recicláveis e não estão sendo devidamente separados, indo parar em aterros sanitários, o que não é o correto. A ação visa justamente dar a destinação correta aos materiais.

Após a conscientização da população, o executivo dará continuidade aos projetos ambientais no município, iniciando o “composta Candelária”, focando no descarte correto de materiais orgânicos, que representam hoje 30% de todo lixo recolhido na cidade, fazendo com que dos 100% de materiais recolhidos hoje, apenas 25% seja realmente material de rejeito, que não pode ser reaproveitado.

PARA ENTENDER MELHOR:


LOCAIS: CENTRO E BAIRROS;

O QUE SERÁ LEVADO PELOS COLETORES:

-Papel/papelão (jornais, folhas de ofício, caixas de papelão, revistas, cadernos);

·  Embalagens Tetra Pack;

·  Plástico: PET (garrafas de refrigerantes, água, sucos), sacolas, embalagens de material de limpeza, utensílios e talheres plásticos, embalagens de iogurte, recipientes diversos;

·  Metais: alumínio (latas de refrigerantes, cervejas, alimentos em conserva, antitranspirante), sucata (metais em geral, canos, pregos, parafusos, panelas, latas de conservas), cobre;

·  Isopor;

·  Vidros de embalagens (bebidas, alimentos e conserva);

Resíduos Úmidos (orgânico e rejeito):


Já nas SEGUNDAS, QUARTAS E SEXTAS devem ser separados para coleta os resíduos úmidos (orgânicos e rejeitos).

LOCAIS DE COLETA: CENTRO E BAIRROS

Sendo eles:

Material Orgânico (cascas de frutas e legumes, folhas e restos de comida, cascas de ovos, sementes, ossos, erva-mate);

·  Material Rejeito: material de higiene pessoal (tolhas de papel, papel higiênico, absorventes, cotonetes, fraldas descartáveis), bitucas de cigarro, embalagens metalizadas (bombom), esponjas usadas, plástico-filme de embalagens.


Sobre o autor

Marcelo Müller

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: