Eventos Região dos Vales Rio Grande do Sul

Chococande: Artesãos dão show de criatividade e talento

Artesanato

Feira do Artesanato de Candelária acontece na Casa de Cultura Marco Mallmann.

Ainda que a Páscoa possua em seu significado principal a religiosidade, o cristianismo e a fé, é sabido que ao longo dos anos muitos foram os símbolos criados para representar a data religiosa mas também festiva para os cristãos. É o exemplo dos ovos de chocolate, que surgiram inicialmente representados somente pelas tradicionais casquinhas de ovos de galinha, que após estarem vazias recebiam pinturas de gravuras e representavam por meio do ovo, a fertilidade, o renascimento em muitos países.

Com o passar dos anos, surge a simbologia do coelho. Esta por sua vez criada no século XVI na Alemanha, associando ao animal à data por sua rápida reprodução e por isso, vida nova. Aos poucos os chocolates assumiram o formato não somente das tradicionais casquinhas de ovos, mas dos próprios coelhos, e desde então as mais variadas formas do doce são encontradas no período que celebra a morte a ressurreição de Jesus Cristo.

Contudo, o espírito Pascal a cada ano é representado das mais variadas formas, seja na alimentação, no comércio ou na decoração das cidades e residências que encontram em peças temáticas uma forma de entrar no clima da data.

Créditos: Mariéle Gross

Em Candelária, a Feira do Chocolate Caseiro e do Artesanato (Chococande), além dos tradicionais chocolates produzidos de forma artesanal por grupos de mulheres de interior, também dá destaque para o talento, a criatividade e o capricho dos artesãos do município.

As peças em sua maioria, remetem ao coelho, mas são apresentadas nas mais diferentes opções, como guirlandas, panos-de-prato, toalhas, peças de decoração de mesa, para cestas, móveis, etc. A produção da Casa do Artesão fica exposta e à venda na Casa de Cultura Marco Mallmann, durante todo o período de venda dos chocolates.

Créditos: Mariéle Gross

De acordo com as artesãs, a decoração de Páscoa é cada vez mais procurada pelas famílias, que a cada ano buscam por peças ou objetos diferentes, novidades, seja para enfeitar seus lares, ou até mesmo para presentear.

Créditos: Mariéle Gross

Neste ano, algumas destas novidades podem ser encontradas no espaço, desde casquinhas de ovos de galinha pintadas a mão, até casca de ovos de ganso, resgatando a tradição do preenchimento destas casquinhas com doces ou com cri-cri. Além disso, peças decorativas em MDF também são encontradas conforme o gosto de cada pessoa.

As peças, produzidas cuidadosamente, também podem ser encontradas ao longo de todo o ano na sede da Casa do Artesão em Candelária, junto a Praça Alberto Blanchardt da Silveira, com preços que podem variar entre R$ 7 e R$ 200.

A comercialização na Casa de Cultura, ocorre até o próximo sábado, dia 20, conforme durarem os estoques de chocolates e do artesanato, podendo ser encerrada antes do previsto.

Arranjos de portas são encontrados em diversos modelos. Créditos: Mariéle Gross

Coelhinhos de tecidos que podem ser recheados com ovinhos de chocolate. Créditos: Mariéle Gross

Casquinhas de ovos de ganço decoradas são novidade nesta edição da exposição. Créditos: Mariéle Gross



Fotos: Mariéle Gross


Sobre o autor

Mariéle Gomes Gross

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: