Notícias Policial Região Metropolitana Rio Grande do Sul

Apreendido adolescente suspeito de homicídio em frente a Escola de Samba de Porto Alegre Durante a ação uma pistola calibre 9mm, com numeração raspada e com carregador estendido foram encontrados e apreendidos com um adolescente de 16 anos.

18.10.16 - Apreendido adolescente suspeito de homicídio em frente a Escola de Samba de Porto Alegre

Em ação na zona sul de Porto Alegre, a fim de apurar o homicídio ocorrido na madrugada deste sábado, 13, em frente a uma Escola de Samba, a Polícia Civil apreendeu nessa segunda-feira, 15, uma arma de fogo de calibre restrito. A arma estava com um adolescente de 16 anos, suspeito de ser um dos executores da vítima.

Na ação, realizada pela 6ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (6ªDPHPP/DHPP) na Vila Gaucha, também foram apreendidas 52 munições calibre 9mm, porções de cocaína e crack.

Segundo a delegada Elisa Souza, após a ocorrência de um homicídio que vitimou um homem de 27 anos, no último sábado, 13 de outubro, a Polícia Civil iniciou as investigações para apurar a autoria do fato.

“Nessa segunda-feira policiais civis diligenciaram até uma localidade conhecida como Buraco Quente, na Vila Gaucha, zona sul da Capital, a fim de averiguar denúncias recebidas acerca do paradeiro da arma utilizada no homicídio”, relatou a delegada.

Durante a ação uma pistola calibre 9mm, com numeração raspada e com carregador estendido foram encontrados e apreendidos com um adolescente de 16 anos. “O jovem é suspeito de ser um dos executores da vítima. Em seu depoimento ele confirmou sua participação fato”, acrescentou Elisa.

O adolescente foi apresentado no Departamento Estadual da Criança e do Adolescente para lavratura do auto de apreensão em flagrante.

A delegada ainda ressaltou que o calibre da arma apreendida coincide com os diversos estojos localizados no local onde ocorreu o homicídio. Com o adolescente ainda foram apreendidas 52 munições calibre 9mm, um carregador sobressalente, 33 pinos de cocaína e 34 pedrinhas de crack.

O segundo indivíduo suspeito do homicídio já foi identificado pela Polícia Civil na tarde dessa segunda-feira. “As imagens das câmeras de monitoramento que existem na localidade estão sendo analisadas, bem como estão sendo ouvidas diversas testemunhas e familiares, bem como perícias já foram solicitadas”, concluiu a delegada.

Crédito da foto: Polícia Civil

Sobre o autor

Wesley Wierganowiez

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: