Policial Região dos Vales Rio Grande do Sul

Alunos Soldados da BM do Vale do Rio Pardo aprimoram conhecimentos sobre Artes Marciais

Treinamento alunos soldados

No lugar de armas letais ou de efeito moral, policiais usam das técnicas para dominar os oponentes.

Na manhã deste sábado, 13, os Alunos Soldados do Curso Básico de Formação Policial Militar (CBFPM) do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo (CRPO/VRP), na Sede do Batalhão, em Rio Pardo, participaram da aula de Defesa Pessoal com o apoio de praticantes de Jiu-Jitsu da região.

A programação, organizada pelo Soldado Franklin Bosa, integrante do 23°BPM e instrutor de defesa pessoal do CBFPM 2018/19, teve o intuito de enriquecer ainda mais o conhecimento dos futuros policiais. “Não adianta dispor de conhecimento se não se promover o seu compartilhamento entre os indivíduos, de modo que a Instituição se beneficie através do aprimoramento de ideias, nos quais os grupos de interação possibilitam aos seus integrantes pensar, compartilhar, repensar e reconstruir suas experiências, vivências e saberes próprios, e, sobretudo, nas experiências cotidianas”, relata.

As artes marciais auxiliam o serviço policial na contenção da violência. No lugar de armas letais ou de efeito moral, policiais usam das técnicas para dominar o oponente. Os futuros policiais estão condicionados a treinamentos de defesa pessoal, e não exatamente à especialização de uma arte marcial única. Por isso, são empregadas diversificadas técnicas de inúmeras artes marciais a fim de preparar os militares para o uso do corpo como ferramenta de ataque e defesa; para aquisição e melhoramento de habilidades motoras; e para aperfeiçoamento de preparo físico; além do preparo mental para situações sem armas.

Fonte: BM

Créditos: BM

Sobre o autor

Mariéle Gomes Gross

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: