Brasil Rio Grande do Sul Serra Gaúcha

Abertura do IV Gramado in Concert na Rua Coberta emocionou o público Concerto de abertura ocorreu na última sexta-feira, 16.

Foi uma grande festa de música, arte e cultura na abertura da IV edição do Gramado in Concert que ocorreu na noite desta última sexta-feira, 16. O público lotou as 400 cadeiras colocadas na Rua Coberta, e junto de um grupo expressivo de autoridades nacionais e internacionais, foi dado início aos trabalhos do evento que vai até 24 de fevereiro e terá mais de 50 ações musicais gratuitas pela cidade.

A Orquestra Sinfônica de Gramado (OSG), regida pelo Maestro Linus Lerner, deu um show de beleza e encantamento, com um programa que foi do erudito ao popular, sintetizando o clima que é o evento em todas as suas apresentações.

Solistas internacionais que estão na cidade para participar do evento, também subiram ao palco, acompanhados pela OSG, para mostrar um pouco do seu virtuosismo e empolgando o público em cada aparição. A violista chinesa Hong Mei-Xiao foi a primeira participação especial da noite, ao solar uma “Suite para Viola e Orquestra” de Vaughan Williams.

A soprano Carla Maffioletti, brasileira radicada na Holanda, surpreendeu o público por três vezes ao interpretar um trecho da “Ópera Lakmè”, de Léo Delibes, depois ao fazer um dueto com o Secretário Municipal da Cultura, Allan John Lino, numa obra de Andrew Lloyd Weber. Por fim, encarnou teatralmente uma “boneca” para cantar a “A Ária da Boneca”, de Jacques Offenbach.

Também o clarinetista chileno Luis Rossi e o violinista sul-coreano Edwin So Kim igualmente subiram ao palco nesta primeira noite do Festival, trazendo canções de Astor Piazzola e Franz Waxman, respectivamente.

Entre as presenças ilustres estavam os embaixadores da Costa do Marfim, Sylvestre Aka Amon Kassi e da Jordânia, Malek Eid Otalla, o Secretário Estadual da Cultura Vitor Hugo Silva, o senador Lasier Martins, secretários municipais e o prefeito de Gramado, João Alfredo Bertolucci, o Fedoca.

O prefeito, além de abrir oficialmente o evento, dançou a “Valsa número 2” de Dmitri Shostakovich em frente ao palco, durante o concerto.

A secretária de Turismo, Rúbia Frizzo, em sua fala, deixou o seu agradecimento não só para os músicas, mas para os trabalhadores que fizeram o evento acontecer, seja organizando as cadeiras ou o som. Já o maestro Linus falou sobre como orquestras são exemplos de democracia.

O secretário Vitor Hugo chamou a platéia para uma salva de palma às maiores autoridades da noite: os músicos. Comentou ainda sobre a necessidade de investimentos na cultura e de políticas públicas para a área.

O prefeito Fedoca declarou ainda que a música é sua arte preferida, e está muito feliz pela cidade vivenciar durante esta semana muita música de qualidade e muita cultura. O senador Lasier aproveitou que já estava na cidade para prestigiar o evento, pois é grande fã, tanto da música erudita, quanto da própria cidade de Gramado.

O Festival segue com apresentações diárias gratuitas, mais de 300 estudantes de música, mais de 30 professores nacionais e internacionais e concertos com entrada franca na Rua Coberta, no ExpoGramado, no Lago Negro, em igrejas, praças, escolas, no Hospital Arcanjo São Miguel e no Teatro Elizabeth Rosenfeld.

Confira abaixo a programação completa e fotos do concerto de abertura.


Sobre o autor

Nicoli Saft

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: