Wed. Dec 8th, 2021


A segunda temporada de O Mago chegará ao serviço de streaming da Netflix em 17 de dezembro e, além disso, não temos apenas uma terceira temporada do programa e outro longa de animação (seguindo os passos de The Witcher: Nightmare of the Wolf) para esperar, mas também um show totalmente diferente, a série prequel The Witcher: Blood Origin. Falando com Entertainment Weekly, Origem do Sangue showrunner Declan De Barra e O Mago a showrunner Lauren Hissrich revelou como a série prequela surgiu e discutiu o fato de que ela permitirá que eles explorem um mundo pré-colonizado de elfos.

De Barra disse que a ideia de The Witcher: Blood Origin ocorreu-lhe pela primeira vez durante uma reunião de história para O Mago 2ª temporada, quando os escritores chegaram a um impasse:

Estávamos tentando entender como era o mundo para os elfos antes da Conjunção das Esferas. É muito vago nos livros o que aconteceu. Peguei um quadro branco e esbocei esse plano do que eu pensava. ”

O que De Barra escreveu naquele quadro branco levou à criação da série prequela:

Eu estava fascinado com a ideia de como um mundo pré-colonizado seria para os elfos. (O Mago (autor Andrzej Sapkowski) reinterpreta contos populares e história. E quando você olha para a nossa própria história, sociedades que estiveram em seu apogeu, como o Império Romano ou o Império Maia, isso estaria logo antes da queda e então estaríamos na idade das trevas novamente. Isso me fascinou em imaginar o que aquele mundo poderia ter sido: como seria a sociedade e o que os elfos queriam. É isso que vamos explorar aqui. ”

Hissrich adicionou:

Obviamente ouvimos no Bruxo mostram que os humanos trouxeram a civilização aos elfos. Foram eles que mostraram a eles como é ser civilizado. E, de fato, o que estamos vendo em Origem do Sangue é exatamente o oposto da verdade. O mundo era muito mais uma Idade de Ouro do que vemos em O Mago anos depois.”

Ambientado em “um mundo élfico” 1.200 anos antes dos eventos que vimos na primeira temporada de O Mago, The Witcher: Blood Origem é uma série de seis partes que dirá

uma história perdida no tempo – a criação do primeiro protótipo Witcher e os eventos que levam à “conjunção das esferas”, quando os mundos de monstros, homens e elfos se fundem para se tornar um.

Origem do Sangue será estrelado por Laurence O’Fuarain como Fjall, que nasceu em um clã de guerreiros que jurou proteger um rei e agora está em busca de redenção; Sophia Brown como Éile, uma guerreira de elite que deixou seu clã para se tornar uma música nômade; Michelle Yeoh como Scían, a última de uma tribo de elfos-espada; Lenny Henry como um personagem chamado Balor; Mirren Mack como Merwyn; Nathaniel Curtis como Brían; Dylan Moran como Uthrok One-Nut; Jacob Collins Levy como Eredin; Lizzie Annis como Zacaré; Huw Novelli como Callan, também conhecido como “Irmão Morte”; Francesca Mills como Meldof; Amy Murray como Fenrik; e Zach Wyatt como Syndril.

Sarah O’Gorman (Amaldiçoado) está dirigindo o primeiro, o quarto e o sexto episódios da série. O segundo, terceiro e quinto episódios estão sendo dirigidos por Vicky Jewson (Fechar)

Hissrich e o showrunner De Barra atuam como produtores executivos em The Witcher: Blood Origin, ao lado de Matt O’Toole, Jason Brown e Sean Daniel do Hivemind, e Tomek Baginski e Jarek Sawko da Platige Films. Sapkowski está envolvido como consultor criativo.

By admin