Pouco sabíamos no que estávamos quando entramos no Teatro Noël Coward na Theatreland de West End na noite passada. Depois de entrar no auditório, a primeira coisa que você encontrará é um conjunto lindamente projetado que foi concebido para retratar um espaço de jantar de cozinha nos mínimos detalhes. É aqui que todo o 2:22 Uma história de fantasma ocorre – e é tão eficaz que nenhuma alteração definida é necessária. A outra coisa que você notará é um grande relógio digital vermelho em uma das paredes e, quando a peça começar, ele o levará em uma jornada ao tempo que se tornou o nome do show.

Jenny (Lily Allen) é uma nova mãe que recentemente se mudou para a casa de seu marido Sam (Hadley Fraser) e ela acabou de comprar. Conforme eles continuam com as reformas, ela se convence de que a propriedade está assombrada, pois ouve passos e choro no quarto de sua filha bebê por várias noites exatamente ao mesmo tempo: 2h22.

2:22 A Ghost Story no Noel Coward Theatre no West End de Londres, estrelado por Lily Allen

A dupla dá um jantar convidando Lauren, amiga da universidade de Sam (Julia Chan) e o novo homem com quem ela se estabeleceu, Ben (Jake Wood) Os quatro ficam fascinados em vários debates sobre crença e racionalismo, fé e imaginação, e chega um momento em que Jenny pede que esperem até 2h22 para que possam ser testemunhas do fantasma que ela afirma estar assombrando a família.

Esta é a estreia de Lily Allen no West End e depois de ver sua apresentação podemos garantir que você não vai acreditar. Ela se torna essa presença magnética no palco, assumindo o papel da frenética e amedrontada Jen, que vive em constante paranóia e oferece uma performance forte e segura. Ela corre pelo palco realizando todas as tarefas que o diretor Matthew Dunster dá a ela a imagem de uma mulher que precisa estar continuamente ativa para evitar seus pensamentos assustadores – seja arrumar o quarto, servir o jantar, limpar coisas e cuidar de sua filha bebê.

2:22 A Ghost Story no Noel Coward Theatre no West End de Londres, estrelado por Lily Allen

Seu movimento constante contrasta com seus momentos de quietude. É quando o medo encontra seu melhor caminho. Hadley Fraser se torna o oposto de Allen em todos os debates, retratando um astrônomo sabe-tudo que tem certeza de que há explicações racionais para todas as superstições e crenças. Sua atuação é tão realista que é fácil esquecer que está atuando.

Danny Robins‘O roteiro tem uma ótima combinação de tensão e humor. O público ria tanto quanto pulava, o que é uma ótima receita para uma história de fantasmas divertida. Há momentos genuínos de arrepiar, aumento de tensão por toda parte e momentos de humor inteligente em que você pode relaxar um pouco … mas não por muito tempo, enquanto vê o ousado relógio vermelho se aproximando cada vez mais das 2h22.

Compre seus ingressos para 2:22 Uma história de fantasma aqui.

By admin